Linha da Cultura do Metrô em setembro

sé

Oi amigas….

     Durante o mês de setembro, a linha da cultura do Metrô lembra dos 400 anos sem o escritor William Shakespeare com uma série de eventos nas estações. As pessoas poderão conhecer um pouco mais sobre as obras do grande dramaturgo inglês com peças teatrais e mostras fotográficas.

     A programação conta ainda com o Festival de Cenas Curtas, Oficina de Ikebana e fotografias de profissionais – como sapateiros, borracheiros, soldadores e marceneiros, por exemplo – que resistem a tecnologia e continuam exercendo suas funções à moda antiga.

     Na Estação Sé, a partir do dia 10, as fotos de “Shakespeare 400 anos” celebram as influências do escritor inglês com reinterpretações de seus trabalhos. Já nos dias 12, 19, 20 e 27, na mesma estação, às 12h e 17h, trechos de algumas das obras mais renomadas de Skakespeare, como Romeu e Julieta, Hamlet e Sonho de Uma Noite de Verão, serão interpretadas para o público pela Companhia de Teatro Cena IV. Na mostra ainda é possível se deparar com expressões e frases que foram criadas pelo escritor e são utilizadas até os dias de hoje.

     Na Estação Paraíso, as fotos do ensaio “Invisíveis: Memória de um Cotidiano” dão destaque a restauradores de sapatos, soldadores, barbeiros e donos de minúsculas bancas de jornal dos bairros de Tatuapé, Pinheiros, Santo Amaro e Vila Madalena, entre outros, que resistem ao uso da tecnologia e as transformações da cidade.

     No dia 8, às 17h30 e 18h, o Grupo Teatro Delivery se aproveita de figuras de linguagem com perspicácia na peça “Atitude Suspeita”, em Santa Cecília. No esquete de 15 minutos do Festival de Cenas Curtas, uma laranja é submetida a interrogatório após ser acusada de pertencer a grupos revolucionários.

     No dia 22, quinta-feira, na Estação Santana, os usuários terão oportunidade de montar um arranjo floral na Oficina de Ikebana, às 12h. A arte que chegou ao Brasil com os primeiros imigrantes japoneses têm arranjos florais compostos por folhas, galhos, frutos e plantas secas, e são utilizados normalmente como oferta religiosa.

     Já a Vitrine de Figurinos de Óperas na Estação Marechal Deodoro, a partir do dia 10, expõe o traje de “Dulcineia”, interpretada por Luisa Francesconi, na peça “Dom Quixote”, inspirada no grande clássico espanhol do escritor Miguel de Cervantes.

     Acesse aqui a programação completa da “Linha da Cultura” e saiba mais sobre as iniciativas culturais do Metrô.

     Fonte: Governo do Estado de São Paulo

assinatura-Bia

Deixe um comentário: